Unhas

Razões para deixar de roer as unhas

O hábito de roer as unhas é mais comum do que parece. Essa prática ocorre principalmente em momentos de estresse e/ou ansiedade. Bastante comum na infância, algumas pessoas continuam na adolescência e muitas vezes até na idade adulta. Já outras, substituem o ato de roer as unhas por morder os lábios ou canetas, por exemplo.

As informações seguintes podem incomodar os mais sensíveis (sobretudo quem rói as unhas)

 

Batérias

As ponta dos dedos são ninhos de sujeira e abrigam vários tipos de bactérias, fungos. Um germe comum encontrado sobre as unhas é o Staphlococcus aureus, que pode causar uma série de infecções de pele como furúnculos e abscessos.

 

Estraga os dentes

Quem diria que isso poderia causar tanto estrago? Mas já houve casos em que o hábito de roer as unhas resultou em dentes quebrados e mandíbulas deslocadas (além da perda de dentes).

 

Se você usa aparelho, os riscos podem ser ainda maiores

Akram, professora clínica de ortodontia na Universidade de Bristol, explicou ao BuzzFeed que pessoas que usam aparelho e que roem as unhas estão navegando em águas particularmente perigosas. Não apenas o hábito pode quebrar o aparelho, mas também pode causar ou aumentar a reabsorção radicular em dentes passando por tratamento ortodôntico.

Isso significa que as células do seu corpo começam a CONSUMIR A SI MESMAS e dissolver a estrutura do dente.

 

Mau hálito

Estudo mostrou que pessoas que roem as unhas estão mais propensas a ter halitose. Existem muitas bactérias vivendo na sua boca, e a maioria delas deveria mesmo estar lá, mas se você continuar colocando os dedos na boca, levará germes que não são bem-vindos.

 

As unhas podem parar de crescer

Roer cronicamente as unhas pode danificar a pele debaixo delas. Quando exposta, esta parte pode levar ao encurtamento irreversível das unhas. Em outras palavras, dependendo do quanto você roer as unhas e deixar a pele exposta, as unhas podem nunca mais voltar ao que eram antes.

 

Pode transmitir Herpes
Sim! Lesões no lábio podem ser contraídas por conta das bactérias que se acumulam na unha, e a mais grave delas é a herpes.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close